Data : 05/06/2015

Dados sujeitos a alteração sem aviso prévio.

O conteúdo deste material on-line não expressa, necessariamente, a nossa opinião.

Reportar erro

Retiro Mundial de Sacerdotes

Retiro Mundial de Sacerdotes reflete sobre nova evangelização.

reitrosacerdote

“Chamados à santidade para a nova evangelização”. Este será o tema do 3º Retiro Mundial de Sacerdotes, organizado pelo Serviço Internacional da Renovação Carismática Católica (ICCRS) e pela Fraternidade Católica (Catholic Fraternity), a ser realizado de 10 a 14 de junho, na Basílica São João de Latrão, em Roma. Durante o evento, o papa Francisco falará aos sacerdotes sobre o poder transformador do amor. São esperados mais de 900 participantes entre cardeais, arcebispos, bispos, sacerdotes e diáconos, oriundos de 90 países. Participarão cerca de 160 sacerdotes de 25 países africanos e outros 60 padres asiáticos. Os demais são provenientes das Américas, Europa e Oceania.

As reflexões serão guiadas pela exortação apostólica do papa Francisco, Evangelii Gaudium, e terão como tema: “Reunidos”, “Reconciliados”, “Transformados”, “Fortalecidos” e “Enviados” para a nova evangelização.

Programação

No dia 10, a missa de abertura será presidida pelo presidente do Pontifício Conselho para os Leigos, cardeal Stanislaw Rylko, e tratará do tema “Reunidos”.

Também no primeiro dia, o pregador da Casa Pontifícia, frei Raniero Cantalamessa, será o responsável pela reflexão do tema principal do retiro, “Chamados à santidade para a nova evangelização”.

No segundo dia, o presidente do Pontifício Conselho para a Justiça e a Paz, cardeal Peter Turkson, presidirá a missa e a reflexão sobre “Reconciliados com Deus”, enquanto no período da tarde será discutido “O preço da reconciliação”, sob orientação do padre Livio Tacchini. Em seguida, haverá o testemunho do arcebispo Georges Bacouni, da Igreja Greco-Católica Melquita da Galileia, e um momento de reconciliação dirigido pelo padre Daniel Ange.

Para falar sobre “Transformados”, no dia 12, o padre fundador da comunidade Canção Nova, monsenhor Jonas Abib, falará a partir da reflexão “Deixa que o amor de Deus nos transforme”. O momento da adoração eucarística e oração de cura interior serão conduzidos pela irmã Briege McKenna e pelo padre Kevin Scallon.

Também no dia 12 está previsto um dos momentos mais aguardados, o encontro com o papa Francisco, que conduzirá a meditação sobre o tema “Transformados pelo o amor e para o amor”. O pontífice terá um momento de diálogo com o clero e em seguida celebrará a missa com o envio dos missionários participantes.

O terceiro dia do retiro dará vez à palavra “Fortalecidos”, a partir da reflexão do frei Raniero Cantalamessa, “Fortalecidos para serem mais plenamente discípulos missionários”. Em seguida, haverá missa presidida pelo prefeito da Congregação para o Clero, cardeal Beniamino Stella. À tarde, o bispo de Marajó, no Pará, dom José Luis Azcona Hermoso, dará testemunho após a reflexão de dom Joseph Malagrega, “Viver o sacerdócio no poder do Espírito Santo”. A oração por uma nova efusão do Espírito Santo, com Patti Gallager Mansfiels e dom Antonio Taveria, concluirá as atividades do dia.

O evento terminará com celebração eucarística, presidida pelo vigário da diocese de Roma, cardeal Agostino Vallini.

Com informações e fotografia da Rádio Vaticano

Deixe uma Resposta

*

captcha *