terceira

Os leigos carmelitas, pela graça batismal e pela profissão na Ordem, são chamados por Deus a exercer de um modo peculiar sua missão sacerdotal, profética e real na Igreja e a ser fermento cristão nas atividades temporais, nas quais estão profundamente envolvidos.ordem32

Os fiéis leigos não podem absolutamente abdicar da participação política ou seja, das múltiplas e variadas ações econômicas, sociais, legislativa, administrativas e culturais, destinadas a promover orgânica e institucionalmente o bem comum. São eles o fermento evangélico de novas práticas éticas no âmbito da vida pessoal, familiar, profissional, social e política.

ordem3

São eles, com seu olhar e coração contemplativos, os construtores e as costureiras de uma nova sociedade antecipando a realização plena do Reino de Deus, Reino de Santidade e Justiça, onde Cristo é a pedra angular.


botao2